Educação realiza seminário do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

Em forma de paródia a aluna Carla Rincon, do terceiro ano da escola Presidente Castelo Branco, expressou o compromisso dos profissionais de educação da rede municipal de ensino, que estiveram reunidos durante a manhã e tarde desta segunda-feira, 1º, para avaliação e discussão do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), em Canoinhas.

“Todas as crianças têm o direito de ler e aprender”, cantou a aluna acompanhada do músico Cainã Gresczeschen. Os anseios das crianças e adolescentes, expressado pela canção apresentada no seminário do PNAIC, reforçou a meta que os profissionais de ensino têm perseguido ano após ano desde a adesão ao pacto: garantir que até os oito anos de idade, ao final do terceiro ano do ensino fundamental, as crianças estejam alfabetizadas.

O pacto está fundamentado em quatro eixos de atuação: formação continuada presencial para os professores e seus orientadores de estudo; materiais didáticos, obras literárias, obras de apoio pedagógico, jogos e tecnologias educacionais; avaliações sistemáticas; gestão, mobilização e controle social. De acordo com a coordenadora do PNAIC em Canoinhas, Elfi Irene Noernberg Pangratz, as apresentações e discussões do seminário demonstraram a eficiência do Pacto no município. “O evento atingiu as expectativas, sendo possível comprovar todo o trabalho desenvolvido nas classes de alfabetização em 2014”, avaliou a coordenadora.

O prefeito Beto Faria e o secretário municipal de Educação, Hamilton Wendt, participaram do evento, conversando com os professores, pedagogos e diretores sobre a necessidade do cumprimento das ações previstas no Pacto. “Este é um momento de socializar experiências e práticas pedagógicas. Quando assinamos o pacto foi para que pudéssemos ter essa mobilização, para reavivar o que foi aprendido na academia”, disse o secretário Hamilton Wendt.

Citando estrofe do hino de Canoinhas, “Campo, escola, indústrias e oficinas forjam vida e labor sem cessar…”, o prefeito Beto Faria lembrou do compromisso em formar cidadãos. “Estamos nesta condição de preparar a comunidade, preparar nossas crianças e adolescentes para que em um futuro próximo sejam bons profissionais e responsáveis pelo desenvolvimento de nossa cidade”, comentou o prefeito. Faria ainda elogiou as equipes das escolas pela maneira que desempenharam suas atividades em 2014. “Tivemos muitas dificuldades neste ano, uma delas foi a de contratação de pessoal. Acatando uma determinação judicial, tivemos dificuldades em repor profissionais em caráter temporário, mas com a união de toda equipe das escolas e da secretaria de educação, nossas crianças continuaram sendo bem atendidas. Muito obrigado pela compreensão e todo esforço e dedicação de vocês”, agradeceu Faria.

O seminário do PNAIC contou com palestra, apresentações culturais e avaliação do pacto no município.