Canoinhas intensifica vistoria em imóveis em busca de focos de Aedes aegypti

A Secretaria de Saúde de Canoinhas está intensificando as ações de combate ao Aedes aegypti. Por isso realiza força-tarefa nas proximidades dos locais onde foram encontrados os sete focos do mosquito transmissor da dengue e de outras doenças no município.

 

Agentes de endemias do setor de controle de endemias do Ambulatório de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Canoinhas com auxilio de agentes de saúde das unidades de saúde estão percorrendo as casas.

 

 

Segundo a bióloga Cristina Brandes Grosskopf,entre janeiro e abril foram vistoriados mais de 1700 imóveis e realizadas mais de 2700 visitas na rede de armadilhas distribuídas na área urbana do município.

 

 

As profissionais chegarão sempre em dupla com camiseta, crachá, carro ou moto com o brasão da prefeitura de Canoinhas; estarão com material de campanha e para coleta de amostras. “Muita atenção ao receber os agentes que deverão estar identificados”, esclarece a bióloga.

 

 

ORIENTAÇÕES PARA EVITAR A PROLIFERAÇÃO DO AEDES AEGYPTI:

• Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usá-los, coloque areia até a borda;

• Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;

• Mantenha lixeiras tampadas;

• Deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;

• Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;

• Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;

• Mantenha ralos fechados e desentupidos;

• Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;

• Retire a água acumulada em lajes;

• Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em banheiros pouco usados;

• Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;

• Evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue;

• Denuncie a existência de possíveis focos de Aedes aegypti para a Epidemiologia, 3622-8416.