Canoinhas oferece cirurgias de laqueadura e vasectomia gratuitamente

Como diz o ditado: decidiu fechar a fábrica?

 

A Secretaria de Saúde de Canoinhas oferece cirurgias de laqueadura e vasectomia gratuitamente via o Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

Segundo a secretária de Saúde, Kátia Oliskowski, os procedimentos de esterilização (que impedem que homens e mulheres tenham mais filhos) são realizados no Hospital Santa Cruz de Canoinhas.

 

 

As regras para a realização da laqueadura estão na lei de planejamento familiar (lei federal n° 9.263/96). A condição básica para que uma mulher esteja apta a realizar a cirurgia é ter mais de 25 anos ou pelo menos dois filhos vivos.

 

 

Os pré-requisitos são o homem ter mais de 25 anos e, no mínimo, 2 filhos. O SUS, no entanto, não oferece a cirurgia de reversão em caso de arrependimento.

 

 

Para realizar as cirurgias é preciso procurar uma unidade básica de saúde. “Seus exames serão encaminhados para o pré-operatório com as devidas orientações para os procedimentos. Informe-se”, conclui Kátia.

 

 

 

Vasectomia

A vasectomia é muito rápida e simples e realizada com anestesia local. O paciente é liberado no mesmo dia. O desempenho sexual não é afetado com a vasectomia. O homem segue ejaculando o líquido seminal, mas sem os espermatozoides. Não há perda de desejo sexual e a cirurgia não está ligada a problemas de ereção.

 

 

 

Laqueadura

A ligadura das trompas é um método contraceptivo definitivo. É uma cirurgia para a esterilização voluntária definitiva, na qual as trompas da mulher são amarradas ou cortadas, evitando que o óvulo e os espermatozoides se encontrem.

O tempo de recuperação varia de acordo com a paciente e o tipo de anestesia utilizado. Recomenda-se atividade leve de 24 a 48 horas após a realização da cirurgia. A laqueadura não altera o ciclo menstrual e nem causa alteração nos níveis hormonais femininos