Município registra 26 focos de aedes aegypti

O Dia D de combate à dengue realizado em Canoinhas no sábado, dia 9, cumpriu com o objetivo de levar informação e orientar as famílias com a ajuda de voluntários e colaboradores.

 

“Pudemos chamar a atenção para a causa e ajudamos alguns moradores da área a se desfazerem de depósitos que poderiam ser criadouros do mosquito da dengue. As equipes detectaram problemas na área da ação, mas de modo geral, as pessoas estão bem conscientes das questões que permeiam o assunto”, explica a bióloga da epidemiologia do Município, Cristina Brandes Grosskopf.

 

A ação realizada no bairro Sossego – local onde há maior incidência de focos do Aedes aegypti – foi proposta junto ao Grupo de Ações Coordenadas (Grac) e organizada pela Secretaria Municipal de Saúde contando como apoio de várias secretarias e fundações municipais, além da Polícia Militar, PM Ambiental, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

 

Segundo a secretária de Saúde, Kátia Oliskowski, outras ações semelhantes serão realizadas no município com o mesmo intuito de orientar e ajudar as pessoas a fazerem a eliminação dos depósitos.

 

Prefeito em exercício Willian Godoy agradeceu a participação dos voluntários reforçando que o combate à dengue é responsabilidade de todos.

 

Canoinhas possui 26 focos do mosquito. Dois casos da doença já foram confirmados no município.